Comportamento Ponto e Vírgula
23 de fevereiro de 2012 por marimessias

Getting older ain’t for sissies

Estamos redescobrindo a máxima de que moda passa, mas estilo fica. Tudo isso graças a essas senhoras de gostos excêntricos e almas revolucionárias abaixo.

Anna Piaggi (& cia)

A nova coleção Outono/Inverno do Marc Jacobs foi uma celebração das senhoras que são ícones fashion exatamente por seus estilos originais. Jacobs apresentou silhuetas femininas exageradas, com tecidos pesados e chapéus de pele falsa colorida. E disse ao On The Runaway que suas inspirações vieram de mulheres estilosas que estão ficando mais velhas e mais, bom, excêntricas. Entre suas musas ele citou Gloria Vanderbilt, Lynn Yaeger, Cindy Sherman e, claro, Anna Piaggi.


Entre escritoras, colunistas de moda e estilistas, com faixa de idade variando entre os 60 e 80 anos, essas senhoras tem muito para ensinar sobre saber envelhecer com estilo. E só sobre estilo, também. O próprio Jacobs chama atenção para como tudo parece estar relacionado com diversão para a Anna. Aliás, a foto ali de cima é dela.

Iris Apfel

A Iris Apfel é uma designer de interiores de 90 anos tão famosa por seu estilo excêntrico que, em 2005, o Museu Metropolitan dedicou uma exposição inteira ao seu guarda-roupas. O nome: Ave Rara, A Irreverente Iris Apfel. Além disso, seu estilo virou livros e, esse ano ela é a estrela da sua própria linha de maquiagens, lançada pela igualmente descolé MAC.

Ah, a Iris é a autora da frase que deu o nome desse post.

Totalmente consciente de que está abafando, ela ainda disse:”I’m a geriatric starlet, my dear, don’t you know (…) All of a sudden, I’m hot; I’m cool; I have a ‘fan base.”

Se isso é estar na pior. Né.

Elke Maravilha

Já posso ver um sorrisinho maroto no teu rosto jovial. Mas a Elke Maravilha merece, sim, estar nessa lista. Sabe por quais motivos? Aos 67 anos ela ainda é exemplar único no Brasil, e não só pelo estilo excêntrico. Saca só. Ela fala nove idiomas, é professora, tradutora, interprete, casou 8 vezes, começou a vida sendo modelo (já que era incrivelmente alta e bonita) e agora faz de tudo: canta, dança, sapateia, rompe a barreira do gênero, tem linha de cosméticos e é madrinha da Associação das Prostitutas do RJ.

Fora isso, vale lembrar que tem muita gente chamando atenção para o fato de que esse movimento está diretamente relacionado com o envelhecimento dos baby boomers. Só podemos supor o que pode rolar com o envelhecimento da geração atual. Se bobear é marromeno assim, mesmo:

 

5 comentários para Getting older ain’t for sissies

  1. dgasparetti disse:

    No documentário sobre o Chris Cunningham aparecem várias dessas velhas estilosas. O Cunningham sempre pirou nas mais “excêntricas”, e foi envelhecendo com elas. Lindimais :~~~

    • marimessias disse:

      Pois, por sugestão da Desi eu ia colocar esse documentário. Mas, no final, nem soube como faze-lo. Porém cobiço ver, só comentários incríveis sobre ;~

  2. salsik disse:

    Eu comecei um blog sobre creative seniors! tem lá umas refs legais.. tá bem no comecinho ainda.. esse post vai já pra lá tks :) http://iiilife.tumblr.com/

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>