Quiet Bliss

/

por Eduardo Biz

A macro-tendência que a Box1824 chama de Quiet Bliss aborda o comportamento de um mundo acostumado a operar em um ritmo inalcançável, no qual é crescente o despertar pela desaceleração.

A quietude tem sido vista não só como medida preventiva, mas também como um recurso para aumentar a produtividade. Mais do que isso, o silêncio passa a ser revalorizado como medida essencial para resgatar o equilíbrio e a criatividade pessoal.

Isolar-se da poluição visual, sonora e de informação passa a ser valorizado como forma de se reconectar consigo mesmo e com o mundo ao redor. O não-registro, a contemplação, o digital-detox e o monotasking entram em cena para propor uma maior presença e contemplação do momento.

Leia o report completo.

Versão resumida ×

Exibir texto integral

Comente

Mudando de assunto...

O ampliamento do conceito de gênero na moda

TRANScenGENDER

Acontece há um tempo na moda um movimento de inversão de códigos do vestuário masculino e feminino, quebrando normas pré-estabelecidas e antigas noções de gênero. Trata-se de uma libertação de estereótipos, uma espécie de jogo ilusório interpretado por alguns como moda unissex. Novos formatos de negócio começam a prestar atenção a um público até então carente de roupas e produtos que acompanhassem seus modos de pensar a questão do gênero.

Beleza feita em casa, autonomia e empoderamento

Sabedoria Natural

Em um cenário onde o consumo de cosméticos ainda é muito pautado pelo marketing, algumas mulheres resolvem assumir uma beleza mais natural e trocar a prateleira de cosméticos por produtos feitos em casa. É um comportamento lowsumer que implica em uma troca de moeda: paga-se pela qualidade e não pela marca. Possibilidades envolvem produtos não testados em animais, receitas veganas ou fórmulas totalmente naturais.

Finitude como forma de libertação

Short Life

A lógica da infinitude presente na Internet mudou a maneira como a informação é consumida. Há uma quantidade radical de conteúdo ao redor, independente de sua relevância e utilidade. Ver tantas opções escancaradas na sua frente é desesperador. Assim, um esquecimento generalizado coletivo clama por precisão e qualidade da informação. Chegar ao fim de algo pode ser mais libertador do que a infinitude.