Comente

Mudando de assunto...

Periferias emergem como novos centros de arte contemporânea

Unclassed

Um dos convites da 32ª Bienal de São Paulo é para a desaprendizagem: rever todas as categorias do que é saber, valor, central. Um passeio pelos pavilhões revela onde os artistas foram buscar repertório para seus trabalhos: nos interiores, nas ribeiras, nas plantações. A exposição contempla Brasis, Américas, Áfricas e tantos de nós, que estamos incertos e vivos neste mundo contemporâneo.

Inteligência artificial e o futuro do trabalho: tenhamos calma e também foco.

ACTRULY

As já conhecidas e não comentadas “novas tecnologias” no nosso cotidiano, e o incremento delas no nosso dia a dia. Como usuários nas áreas de entretenimento, nos bens de consumo, serviços como aquele self-checkout de supermercado (que nós brasileiros fazemos ainda com sorriso amarelo de vergonha quando viajamos para o exterior) e aquele link patrocinado…

Veganismo, esporte e (mais) desafios para a nova masculinidade

O fim da norma

Frente ao tempo que vivemos, as propostas para nova masculinidade explodem aos montes. E ingerir proteínas de origem não animal fazem muito bem, obrigado. Mas se alguma roda de amigos ser vegano é ser menos atleta ou menos homem, vamos conversar melhor sobre.   (Revisado em 05/02/2019) Frente ao tempo que vivemos, as propostas para…