O que é seu, em terra de ninguém?

 

Suponha que as pessoas que você considera os clientes mais fiéis do planeta sejam, de fato, desleais. Um estudo do segundo semestre do ano passado nascido da parceira entre BuzzFeed e a agência americana Wavemaker, aponta que apenas 18% dos consumidores norte-americanos olham para apenas sua marca de costume durante o processo de compra de…

O que pode ser revolucionário e inovador na mobilidade urbana?

 

A mobilidade urbana é responsável pelo acesso e experiência das pessoas nas cidades. A mobilidade é uma política fim e também meio, já que para garantir que investimentos como saúde e educação sejam bem-sucedidos, as pessoas devem poder chegar a estes. Em um país em que 85% da população vive em cidades, a melhoria da…

Crer pra ver ou ver pra crer: existe verdade absoluta?

 

Para os crentes, sim. Para os descrentes, também. Para as religiões monoteístas, Deus é uma verdade inquestionável. Para os ateus, Deus é um delírio inquestionável. Um dogma religioso e um método científico: dois pontos de partida aparentemente opostos, mas ambos bem confiantes: crer para ver e ver para crer. A verdade é que nenhum ser…

O absurdo ato de morrer

 

Se eu pudesse escolher, preferiria começar este texto sem mencionar o céu (o físico, no caso), mas o clichê é inevitável, pois foi exatamente assim que aconteceu: caía uma tempestade de raios na noite em que lidei pela primeira vez com a possibilidade de o meu pai morrer. Fiquei pensando no quanto esse fenômeno da…

O afeto como agente transformador da indústria da hospitalidade

 

Vamos começar pelo princípio, a palavra afeto tem a sua origem etimológica no  latim affectus que significa: estado psíquico ou moral (bom ou mau), afeição. No dicionário de língua portuguesa, ela também possui outras definições, mas a que me chamou a atenção foi a definição feita pelo campo da psicologia para seguir com o objetivo principal…

Sob a ótica do blockchain, o que devem fazer as empresas?

 

Com o uso estressado do termo, criamos alguns atalhos mentais ao falarmos sobre blockchain e bitcoin. O primeiro (já quase amplamente desmistificado) é que são a mesma coisa – mas vale lembrar que não. Já um outro, vai na promessa de execrar a insegurança em todas as transações financeiras e comerciais que fazemos. Ou que,…

Calma. Senta. Respira. Tá tudo bem: Reflexão sobre o tempo certo das coisas

 

Larguei tudo e fui fazer outra coisa da vida. Até aí, nenhuma novidade no roteiro batido do cara privilegiado de classe média que deixa seu emprego chato para trabalhar com algo legal. Este mundo acostumou-se a supervalorizar buscas existenciais espalhafatosas e cheias de reviravoltas. Largar tudo, portanto, virou algo sexy. Você provavelmente já leu muitos…

Dois jogos sobre a Revolta dos Malês

 

No dia 25 de janeiro de 1835 uma rebelião de escravizados eclodiu na Bahia. No escuro das primeiras horas da madrugada, talvez fosse difícil distinguir as dezenas de túnicas brancas que corriam pelas pedras irregulares do calçamento das ruas de Salvador. Os homens que as vestiam carregavam facões, porretes e algumas armas de fogo. Corriam…

A desigualdade ao redor

 

Não faz tanto tempo assim, deve ter passado pelo seu feed o vídeo com a fala contundente de Rutger Bregman em um dos painéis do Fórum Econômico Mundial, realizado na cidade de Davos, na Suíça. Na ocasião, o historiador holandês pediu a palavra para expor o que considerava como algumas das muitas contradições do tradicional evento…

Arquivos perdidos do Ponto: Comportamento dualista digital

 

Vamos dividir uma verdade com vocês: nós, daqui,  ficamos sempre na expectativa de vivenciar todas todas as nossas apostas de futuro. Uma carga robusta de levantamentos e estudos que nos levaram a entregar o True Gen para vocês e, nos deparamos com uma provocação muito interessante da Lydia Caldana lá de 2015, onde as primeiras…