Arte
25 de janeiro de 2012 por Vinicius Perez

Duas animações do Oscar

Os longas A Cat in Paris e Chico & Rita concorrem ao Oscar de Melhor Animação. O primeiro é todo pintado manualmente e tem um estilo de animação clássico, enquanto o outro fala sobre a Revolução Cubana e jazz.

Comente
Arte, Ponto e Vírgula, Tecnologia, Tops
03 de fevereiro de 2012 por marimessias

Edição do autor (e-ink only)

Post Mágico

Lembro da primeira vez que li o termo “edição do autor” e de como demorei, então, pra entender que não se tratava de um nome de editora (descolé). Isso, claro, foi lá na época que os livros eram de papel e tinham cheiros e texturas únicas.

Faz pouco tempo, mas se auto-publicar (free hífen) deixou de ter a gloriosa vibe pós-hippie de autores desconhecidos e suas poesias revolucionárias. Ou um estilo J.Borges wannabe.

Quer ver?

Todos os textos que li sobre edições do autor em ebook falam da Amanda Hocking, uma escritora de 27 anos que publica romances paranormais e se tornou milionária seguindo essa corrente de independência em e-paper. E tudo começou porque ela queria descolar uma grana pra viajar com os amigos.

Mas, ih, ela nem é a única.

O primeiro milionário de edições caseiras de e-book é o John Locke (não esse. nem esse.). Ele publicou um thriller chamado Donovan Creed, vendido pela bagatela de 0.99. Em Junho passado foi o primeiro a vender um milhão de cópias de Kindle. E seu novo livro, How I Sold 1 Million eBooks in 5 Months!, diz o sábio Ewan Morrison lá no Guardian, segue a preocupante tendência de meta-ebooks, que falam sobre como ser um autor/editor de sucesso em e-ink.

Pro Ewan, que já foi convidado para dar palestras e ganhou mais dinheiro falando sobre o assunto que com seus livros em si, isso pode gerar ainda mais danos que a especulação imobiliária:

Because this bubble is based on cultural, not purely economic, grounds.

Por outro lado, como nos lembra a Forbes, além de caras, as edições em papel ainda seguem uma estrutura hierárquica que valoriza os chiques e famosos.

Mais que isso. Se pensamos nos mercados alternativos aos de língua inglesa, os ebooks ainda tem um longo caminho a percorrer. E, nesse sentido, talvez seja mais interessante ponderar a idéia como uma alternativa para as distribuições ferradas e para a ausência quase que absoluta de autores nacionais atuais no formato.

Ainda que os dois exemplos ali de cima sejam de qualidade questionável  (e, olha, são apenas dois em uma lista imensa de similares – que ficam entre a vibe Twilight e a vibe Millenium), os autores novos e que mantém aquela gloriosa vibe pós-hippie de autores desconhecidos e suas poesias revolucionárias podem encontrar uma alternativa mais lucrativa, viável e com distribuição de Paulo Coelho. Mesmo sem fazer um milhão.

E nós, leitores, sempre refocilamos na alegria da variedade. Claro.

Comente
Tecnologia
04 de novembro de 2011 por Vinicius Perez

Os milagres dos próximos 50 anos

Já falei como o How To Be A Retronaut aqui, o blog mais legal pra ver coisas antigas. Se não convenci, se liguem nesse achado: uma matéria sobre as maravilhas que veremos nos próximos 50 anos (escrita em 1950). Destaque para o “tudo vai ser à prova d’água” e uma mulher lavando um sofã com uma mangueira =~.

A matéria continua aqui.

2 Comentários
Goody, Nada a Ver
14 de setembro de 2009 por Vinicius Perez

El Perro Insano vs Ungreen Hombre.

Sacola de algodão para ser colocada na cabeça em situações onde há atitudes não eco-sustentáveis.

dznecowarriorsq1

dznecowarrior03

Comente
Arte
13 de novembro de 2012 por Desirée Marantes

Mais que humano – retratos de animais

O fotografo Tim Flach tirou retratos de vários animais com o intuito de demonstrar o quão próximos dos gestos e postura de humanos e bichos podem ser.

O trabalho, que durou 7 anos, virou um livro que você pode adquirir aqui

via

Comente
Nada a Ver
11 de março de 2013 por marimessias

Perfumes personalizados

A galera do Commodity quer mudar a indústria dos perfumes. Pra isso eles tão com um projeto no Kickstarter de um serviço personalizado que te ajuda a encontrar o teu perfume ideal.

A ideia é abolir a necessidade de provar tudo de uma vez, já que com isso nosso nariz cansa (mesmo quando não temos rinite) e tudo fica confuso. Eles prometem resolver a situação com questionários e samples, mas para testar um por dia.

Comente
Games
02 de maio de 2011 por marimessias

Reality is Broken

A docinho da Jane McGonigal lançou esse livro (que cobiço mais que a vida) Reality Is Broken: Why Games Make Us Better and How They Can Change the World e o Guardian fez uma resenha bem interessante dele:

“Today,” she argues, “many of us are suffering from a vast and primal hunger. But it is not a hunger for food – it is a hunger for more and better engagement.”

(…)

The key insights of Reality is Broken, then, are not so much technological as psychological. “No object, no event, no outcomes or life circumstances can deliver real happiness to us. We have to make our own happiness – by working hard at activities that provide their own reward.”

1 Comentário
Música
30 de novembro de 2011 por Juliano Dornelles

Bach em html5

Criado por Alexander Chen o barroque.me é um projeto de visualização interativa do Prelúdio da Suíte No.1 de Bach. Você pode manipular o ritmo das oito cordas que representam as notas do Prelúdio. O projeto fez tanto sucesso que foi parar até na BBC. Chen que trabalha no Google Creative Lab foi responsável também pelo doodle da Les Paul.

http://www.baroque.me/

1 Comentário
Comportamento
09 de março de 2012 por marimessias

Love is a place

Os neurocientistas de Stanford se reuniram para estudar e medir o amor. O vídeo é lindo, e os resultados (apesar da competição) são mais ou menos esses:

love is a place
& through this place of
love move
(with brightness of peace)
all places

yes is a world
& in this world of
yes live
(skillfully curled)
all worlds

E.E. Cummings

1 Comentário
Arte
10 de junho de 2010 por Desirée Marantes

MÃE, ME DÁ!

QUERO AGORA

Comente