Smart Trolling

/

por Eduardo Biz

Smart Trolling propõe que a trollagem deixe de ser uma agressão vazia e passe a ser lida como uma linguagem repleta de nuances. É um humor perspicaz, uma ironia construída de forma cirúrgica, que coloca uma vírgula no pensamento de um crescente número de entendedores.

Leia o report completo sobre Smart Trolling.

Versão resumida ×

Exibir texto integral

Comente

Mudando de assunto...

O vazio em cada curtida

Quiet Bliss

Quando compartilhamos uma foto, um link ou um pensamento nas redes sociais, apresentamos fragmentos daquilo que desejamos que nos defina: existe a necessidade de aceitação. Hoje lidamos com quatro grandes esferas emocionais: a exaltação do ego, a necessidade de auto-afirmação, a sensação de pertencimento e a sensação de obrigação. Com isso, vários sentimentos são desenvolvidos de maneira única e desproporcional: frustração, orgulho, inveja, raiva, arrogância, ansiedade, alegria, curiosidade, etc.

As fronteiras da linguagem minimalista

Short Life

Vivemos numa lógica comunicacional que carrega a compressão do máximo de significado em um mínimo de representação simbólica. A comunicação minimalista dos emojis propõe um novo paradigma linguístico. Em um mundo de excessos, comunicar muita coisa não é comunicar em quantidade. A fragmentação da linguagem hoje é tão profunda que uma única imagem pode ser muito mais precisa do que um parágrafo inteiro.

Cidadania intermediada e o compromisso com a privacidade

Microeconomias

Dizer que a defesa do direito à privacidade é coisa do passado tornou-se comum nos corredores corporativos. Ora, as maravilhas proporcionadas pelo desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação surgiram intimamente ligadas à indústria da publicidade digital, que funciona a partir da coleta e processamento de dados pessoais para posterior venda de espaço publicitário personalizado…