Comente

Mudando de assunto...

Periferias emergem como novos centros de arte contemporânea

Unclassed

Um dos convites da 32ª Bienal de São Paulo é para a desaprendizagem: rever todas as categorias do que é saber, valor, central. Um passeio pelos pavilhões revela onde os artistas foram buscar repertório para seus trabalhos: nos interiores, nas ribeiras, nas plantações. A exposição contempla Brasis, Américas, Áfricas e tantos de nós, que estamos incertos e vivos neste mundo contemporâneo.

A música multirreferente dos nativos digitais

Music Trends

Rir de si mesmo com inteligência: este é o trunfo de uma nova safra de músicos caracterizada pelos conflitos sonoros e visuais que propõem em suas criações. São nativos digitais que inserem frescor no cenário pop e esbanjam naturalidade em transitar entre as fronteiras sutis do real e virtual.

Fantasia, tecnologia e narrativas pós-humanas

Playing Reality

A ficção científica tem uma capacidade imaginativa que nos impulsiona a moldar o desenvolvimento do mundo em que vivemos. Tudo pode parecer muito longe do nosso alcance, mas já estão entre nós máquinas que ultrapassam ou se equiparam à capacidade da inteligência humana. Novos recursos da tecnologia e neurociência nos convidam a questionar a própria essência do que constitui a vida.